Porque você tem medo da morte?

by - 20 maio



rosa, relogio


Tem 4 dias hoje que perdir um tio muito querido, eu não fui no seu sepultamento, mas sei das condições em que morreu, prefiro não dá detalhes, mas... ele era o tio que eu mais tinha afinidades, apesar de não concordar com suas atitudes eu gostava muito dele, e, durante esses dias eu tenho pensado bastante em como a morte é algo estranho. 

Eu sempre tive medo da  morte, sempre tive sensações estranhas antes de algum parente meu morrer, já cheguei a sonhar com  morte de alguns e sempre acordava apavorada, lembro que, mais ou menos duas ou três semanas atrás tive um sonho ruim com o meu marido morrendo de forma horrível, e, acordei apavorada, muito sério isso, eu sempre tenho essas sensações ruins, e, não gosto.

Creio que o medo da morte seja porque todos sabemos que não podemos nos livrarmos dela, é algo que não controlamos, algo que se esvai pelos nossos dedos, é terrível eu sei, mas nada podemos fazer.

As vezes somos pegos de surpresa diante da vida, as pessoas vão embora e deixam um vazio, repleto de perguntas, sem respostas, repletos de aflições, e, todo questionamento é feito na nossa mente, eu ainda não chorei de fato pela morte do meu tio, também não sei porque, mas, tenho pensado muito sobre, e, nada que eu possa crê, muda o fato que a morte é estranha, de alguma forma posso está bloqueando ou não acreditando realmente que ele se foi.

Eu acredito que todos os dias podemos ser pessoas melhores, isso é uma questão de aproveitar as oportunidades, de alguma forma, somos feitos de fé, acho que não podemos perde-la, por mais difícil que a situação esteja,  independente do que podemos fazer, mas acredito que se for pra deixar algo, que seja bom, que seja amor, que seja fé, que seja esperança, que seja solidariedade, não perdemos nada dando sempre o melhor de nós, eu não tenho fixado meu pensamento na morte dele, tenho fixado o pensamento no que eu quero fazer de bom daqui pra frente. Isso que importa pra me.


Se o texto parecer confuso para você, acredite, pra me também foi, mas, que possamos entender juntos  toda essa grande confusão, receba meu abraço ♡.

Você vai gostar!

20 comentários. Clique aqui para comentar também!

  1. Expresso minhas condolências pelo retorno de seu tio. Esperamos que você e sua família sejam firmes e rezem para que seu tio seja feliz no céu. Eu sinto que o medo da morte é natural para alguém experimentar, enquanto ainda temos a oportunidade de viver e dizer o nosso melhor para não aumentar os nossos pecados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo, temos que cuidar do nosso coração para que não cultivamos algo de ruim nele, infelismente passamos por isso,mas precisamos seguir em frente, grande abraço amigo.

      Excluir
  2. Eu perdi meu avô paterno na semana do natal com covid, realmente a morte é algo bem estranho não tem como explicar a sensação para aqueles que ficam.
    Eu não tenho medo da morte, só lamento as perdas, nunca senti nada de estranho só tristeza, mas confesso que nunca fui a um cemitério, não gosto da energia do lugar e tento evitar o máximo.
    Beijos!
    Pam Lepletier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada pessoa lida com a morte jeito diferente, mas é dolorido pra qualquer um de nós. Beijos flor!

      Excluir
  3. Ah amada, eu sinto muito, perder alguém para a morte nunca é fácil, mas escrever sobre seus sentimentos, como você fez com esse texto, pode ser um alívio. E o post não ficou confuso não, a morte realmente é algo que nos causa estranheza, mas a Bíblia, a Palavra de Deus nos promete um futuro sem morte, dor e nem lágrimas (Apocalipse 21:10). Espero que fique bem.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah querida, muito Obrigada, infelismente é assim, mas precisamos seguir em frente apesar das adversidades, vou lê esse livro de apocalipse, grande beijo.

      Excluir
  4. Eu também me pego pensando na morte muitas vezes e me desespero, mas como você disse, não temos controle disso. O que podemos fazer é focar no momento em que nós temos com as pessoas que amamos e pensar no legado que queremos deixar, e depois agir para esse legado se fixar na memória das pessoas. Vamos espalhar o amor e o bem nesse mundo tão caótico, é assim que eu quero ser lembrada e tento todos os dias.
    Espero que fique bem! Abraços!
    claraaoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos espalhar amor sim, é o que o mundo precisa, as pessoas precisam disso, tenho pensado bastante nisso, e, venho tentando me livrar de todo o peso que andei carregando durante anos. Agradeço pela visita querida, e sim, ficarei bem, beijos flor!

      Excluir
  5. Eu amei sua postagem, ela é essencial para todos nós, afinal, infelizmente vamos passar por esse momento doloroso nas nossas vidas. Eu lembro de quando perdi meu pai em 2016 eu tive um pesadelo horrível quando tive a primeira noite na minha casa sem ele. Sonhei que eu estava no ônibus indo para a faculdade, até que o reitor me liga para falar que tinham encontrado minha mãe morta em casa, ela tinha falecido dormindo igual meu pai. No sonho eu entrei em pânico e acordei chorando e corri para a cama para ver se minha mãe respirava. Nunca esqueço disso e quando vi que você teve um sonho semelhante, eu lembrei disso na hora.
    Quando as pessoas que amamos morrem, deixam um vazio em nosso coração. Só o tempo é capaz de amenizar a dor e as boas lembranças também.
    Beijos. 
    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lady, infelismente a morte é algo que não podemos fugir, mas ainda assim não conseguimos lidar, mas o tempo ainda é o remédio para algumas dores. Beijos flor, fica bem.

      Excluir
  6. Sinto muito pela sua perda! Eu também ainda encaro a morte como algo estranho, difícil definir "não poder mais encontrar em vida". O que me faz a encarar ou me conforta, são os meus pensamentos e crenças sobre a mesma. Mesmo que eu não tenha religião, já ouvi falar que ela serve para consolar as pessoas sobre o medo da morte. Se sim, não sei, porque acabo pensando isso sem seguir uma.
    Espero que teu coração se conforte com o tempo, é terrível perder alguém que amamos.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelismente precisamos conviver com a morte, nada podemos fazer em relação a isso, mas, perder alguém nunca vai ser fácil. Beijos flor!♡

      Excluir
  7. In the practical sense fearing death keeps us from doing with our lives, but you are right, it is a strange beast. Like an anvil hanging over us. I am 57 and was there when my dad had a heart attack and died quickly. For us it was an unexpected shock that took a lot of time to process. For him, it was quick. And I’ve had relatives with cancer that died a slow, lingering death. It was so exhausting and sad, but we had time to come to terms with it. In the end, losing someone is painful regardless of the way they died. But I agree with you that we can honor them by living our best life. I’m so sorry for your loss.

    Michelle
    https://mybijoulifeonline.com

    ResponderExcluir
  8. Meus sentimentos pelo seu tio :(
    Que Deus conforte o coração de todos.
    Assunto bem complicado né? Acho que ninguém sabe lidar ao certo com isso.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ninguém sabe mesmo lidar com a morte, mas precisamos lidar com isso infelismente.

      Excluir
  9. Es muy interesante lo que dices. Perder a un familiar siempre es triste. Pero supongo que aún ha de ser un mayor reto cuando vemos que la muerte se acerca a nosotros mismos (algo que llegará, tarde o temprano). No nos educan para la muerte, sino para la vida. Siempre queremos evitar poner tristes a nuestros seres amados y no hablamos de ello. Sin embargo, sí deberíamos educarnos con este hecho ineludible y no como una tragedia, sino como un hecho natural de todo ser vivo. Y aprender a vivir con alegría, para que cuando llegue, hayamos gastado todas nuestras sonrisas...
    Un gusto leerte. (Gracias por dejar tu comentario en mi blog. Me gusta lo que haces y tampoco te conocía). Nos leemos, Mujer de la nueva era.
    Sé feliz! 🙋‍♀️🌱🌞

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, realmente não fomos educados para morte mas sim para vida, mas infelismente acontece com todos. Obrigada você por está aqui. Grande beijo♡

      Excluir
  10. Lamento a perda do seu tio, Erica! Infelizmente, desde bem cedo, ela se fez presente na minha vida, levando o meu pai bem novo ainda, quando eu tinha somente 12 anos... meus avós... alguns amigos... e levei todo o último ano, para tentar que ela não levasse a minha mãe, por ela pertencer a um grupo de risco, face a este vírus, que invadiu o mundo...
    Confesso que não penso muito na morte... para ela não tomar nem um segundo a mais, do que o tempo que ela já reclama... a vida é demasiado curta... para a gente ficar pensando, na última coisa a fazer, nesta nossa vida... no entanto... quero crer que cada fim, inicia um recomeço... e acredito que em algum outro lugar... noutro tempo, noutra vida... continuaremos vivendo e evoluindo...
    Beijinhos! Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu agradeço e retribuo a você esse sentimento, realmente viver pensando na morte é da ela mais poder do que já tem. Fica bem, beijos flor!♡

      Excluir

Deixe se blog♡
Respeite o proximo♡
Seu comentário é importante♡
Agradeço a visita♡